Bomba!

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

A FORÇA DO QUERER - Capítulo 06/03 SÁBADO - Resumo da novela A Força do Querer hoje completo 2021


No próximo capítulo da novela A Força do querer – Bibi está na pior, na miséria e sem ter como abrir seu negócio, já que Rubinho insiste em a boicotar. A antiga perigosa conta agora apenas com o dinheiro e algumas coisas que Silvana guardou para ele e foi até a jogadora buscar. Porém, Bibi descobrirá que Silvana torrou todo o seu dinheiro e se descontrolará totalmente, tomando uma atitude imprevisível. Além disso, o cerco finalmente se fechará para Irene! Com medo de ser morta, Mira entregará a amiga para Dantas, que montará um batalhão composto por ele, Silvana, Eurico, Garcia e Elvira para perseguir e capturar a ratazana. Entretanto, no meio disso tudo uma tragédia acontecerá e o final de Irene será bem mais tenebroso que o esperado. E ainda, Joyce finalmente aceitará que o melhor é a felicidade do filho e ficará ao lado de Ivan na operação que ele quer fazer. 

Veja tudo no vídeo acima!

Após ser humilhada sucessivas vezes por Rubinho, que quer a deixar na miséria de toda forma, Bibi não viu outra opção a não ser buscar o dinheiro que havia deixado com Silvana. O problema é que a viciada em jogo já gastou a quantia e não tem como devolver para Bibi, Silvana até tentará enrolar a perigosa, que não cederá e insistirá que Silvana a leve para seu quarto. Bibi entrará no quarto de Silvana e Dita como sempre irá atrás sabendo que a merda vai feder. Silvana mandará a empregada fechar a porta e prestar atenção, enquanto falará para Bibi sentar e ficar à vontade. Bibi então dirá: “O Silvana, eu não vou pedir para você me esconder dessa vez não, eu não estou sendo procurada, só vim aqui pegar o que eu deixei com você, eu pego e sumo da sua vida, nunca mais eu vou te incomodar viu”. Silvana irá pegar o pacote, e engolindo seco, dirá: “É eu.... bom Bibi eu queria te explicar... Éééé... Eu tô morrendo de vergonha.... eu.... eu tive uma emergência... e eu.. eu precisei usar o dinheiro que estava aqui”. Bibi ficará espantada e Silvana dirá: “Mas eu vou repor, eu vou devolver, não se preocupe, eu vou devolver nota por nota”. Bibi, pegará o pacote ainda sem acreditar e falará: “Você o quê? Você abriu um pacote que eu deixei com você em confiança? “. Dita dirá que foi uma necessidade mesmo e Bibi ao ver realmente que não tem nada  dirá chorando: “Silvana, você usou o dinheiro que tinha aqui, usou a minha garantia pra jogar?”. Silvana dirá que não imaginou que Bibi ia voltar tão cedo e Bibi, completamente abalada, falará: “Meu Deus, eu mereço, eu mereço meu Deus, como que eu fiz isso, como que eu confiei, como eu deixei minhas coisas de garantia na mão de uma, de uma doente que nem você, como que eu peguei tudo, tudo que eu salvei esse tempo na minha vida para botar na mão de uma viciada, você é doente, você é doente, viciada.” Silvana, chorando, falará que irá repor tudo, com juros inclusive e pedirá uma semana apenas para Bibi.  A filha de Aurora, também com lágrimas escorrendo, berrará: “Como? como você vai repor? Jogando? Jogando em um lugar feito aquele que eu fui te tirar, de onde você nem saia viva se eu não fosse lá salvar você Silvana”. Silvana falará que aquilo foi uma irresponsabilidade dela e Bibi chorando, continuará a berrar: “E isso aqui agora? E isso aqui agora foi o quê? Pohh Silvana, eu tô na merda Silvana, eu não tenho nada, eu só tinha isso aqui e você, meu Deus do céu, que que você fez? Isso é, isso é um sinal, minha mãe falou pra mim, minha mãe falou pra mim que isso aqui é um sinal, toma, toma, fica com isso pra você, fica com isso também, não quero mais nada disso, eu sei da onde que isso vem, eu tenho que mesmo que ficar sem essa merda toda aqui para recomeçar minha vida de novo”. Bibi jogará todas as suas bijuterias e semijoias pelo quarto de Silvana, não querendo mais nada. Silvana, chorando e envergonhada dirá mais uma vez que irá devolver tudo. Bibi então tomará uma atitude, ela balançará a cabeça e dirá: “Silvana, me da as suas roupas, me dá as suas roupas que eu vou começar direitinho a minha vida, eu vou abrir um brechó, me dá as suas roupas, me dá todas as roupas que você não usa mais, ta bom”. Silvana mandará dita pegar todas as roupas e inclusive as bolsas também. Bibi no final de tudo ainda abraçará Silvana e as duas chorarão junta, enquanto Bibi ficará chamando Silvana de Safada.

Bibi então irá para sua casa e contará para sua mãe: “Jogou, jogou todo o dinheiro que eu deixei com ela”. Aurora perguntará se era muito dinheiro e a filha dirá: “Era o suficiente para eu me reorganizar”. Aurora falará que se admirou quando soube que a filha deixou dinheiro guardado com Silvana sabendo que ela é viciada. A antiga perigosa, então dirá: “Com quem mais que eu podia deixar? Com quem mais, aonde mais eu podia deixar, porque a senhora não queria ficar com o dinheiro do tráfico com você. A polícia entrando aqui nessa casa toda hora, quando que eu ia imaginar que ela ia gastar, usar o meu dinheiro? Eu coloquei num pacote lacrado, fechei, nunca imaginei que ela fosse gastar isso. Eu fiquei com vontade de dar nela, depois eu fiquei com pena mãe”. Aurora dará um beijo na filha e dirá que irá fazer um café bem forte. Já Dedé aparecerá pedindo um jogo para a mãe que com dor no peito dirá que não tem dinheiro.

Agora vamos falar de irene, já que o final da vilã será decidido no próximo capítulo, primeiramente, ela ficará plantada na portaria da empresa de Eugênio, com uma barriga enorme, ele ao ver a cobra dirá que não era para ela estar lá e Irene falará: “Nossa filha mexeu pela primeira vez, a nossa Ivana”. Eugênio perguntará o motivo da naja fazer isso, se referindo ao nome Ivana e ela dirá: “Porque eu te amo, Porque eu te amo, porque eu não desisti de você Eugênio, e porque eu sei que um dia você vai ter coragem de viver tudo o que você quer viver comigo”. Eugênio ficará mudo e entrará para a empresa balançando a cabeça, enquanto Irene, completamente surtada, ficará do lado de fora gritando: “EU TE AMO, EU NÃO DESISTI DE VOCÊ! EU TE AMO, EU TE AMO!”

Enquanto isso, Mira estará com Dantas, pronta para abrir todo o jogo sobre Irene: “Doutor Dantas, se eu contar tudo o que seu sei sobre uma pessoa, o senhor me da garantias?” Dantas ficará sem entender:” Pera ai eu não estou entendendo, garantias como? A senhora está querendo fazer uma delação premiada, é isso?”. Mira então falará: “Eu tô com medo de morrer, doutor Dantas, eu tô com medo que ela me mate”. Dantas preguntará ela quem e Mira dirá: “A Irene, que na verdade não chama Irene, chama Solange Lima. Ela é a mulher que o senhor Garcia e dona Elvira estão procurando”. Dantas ficará assustado e Mira contará toda a história: “E foi isso que aconteceu, eu queria vir antes aqui falar com o senhor, mas eu fiquei com medo, porque ela me ameaça”. Dantas então dirá: “Sei, e sobre isso que a senhora me contou, um tal apartamento que ela alugou?” Mira falará: “Ela mantém esse apartamento, e ela deixa tudo lá, doutor Dantas eu não posso voltar pra aquele apart, o senhor entendeu? Eu não posso voltar, se ela souber que eu tô aqui, se ela desconfiar que eu tô aqui falando com o senhor ela vai acabar comigo, eu sei do que ela é capaz”. Dantas, tentando acalmar Mira, dirá: “Tudo bem, tudo bem, a senhora não vai precisar voltar nesse apart, a não ser pra pegar as suas roupas”. Mira dará todas as informações necessárias para Dantas que falará: “A senhora peque as suas malas, e nós vamos mandar por mensagem o endereço do hotel pra onde a senhora tem que ir.” Aliviada, Mira dirá: “Ta bom, obrigada doutor Dantas”.

Dantas contará tudo para Shirlei que ficará incrédula: “Mas eu não tô acreditando benzinho o que que é isso”. Ele dirá: “Uma bomba, eu não tive nem cabeça de continuar lá no escritório, vim aqui pra casa pra tentar organizar as ideias, eu, a noite eu, tenho que ir até a Heleninha para contar essa história para o tio Garcia”. Shirlei perguntará se não é melhor avisar logo a polícia, mas Dantas falará: “Não, não, não. Primeiro eu preciso saber do tio Garcia o que eles têm registrado contra a tal da Irene, eu não posso simplesmente chegar lá na delegacia e dizer que uma pessoa está sobre uma identidade falsa, e se for uma invenção dessa tal Mira? Eu não tenho nenhum motivo para confiar no que ela está falando”. Shirlei concordará e Dantas falará: “Pois é, mas por via das dúvidas eu paguei uma hospedagem pra ela”. Shirley perguntará do tal apartamento e Dantas dirá que vai checar.

Enquanto isso Mira chegará em casa para pegar suas coisas e se assustará ao ver Irene, que dirá: “Missão cumprida você tinha que ver a cara do Eugênio, culpadíssimo. O que que foi? O que que você tem?” Irene desconfiará que Mira está escondendo algo e Mira dirá que está tudo bem, Irene então se aproximará e falará:” Que cara é essa hein? Onde é que você foi? O que que é essa bolsa pendurada aqui?”. Mira, tentando enrolar a cobra, falará: “Eu ia tirar um dinheiro no caixa eletrônico eu to sem nenhum tostão”. Irene mudará a expressão no exato momento, ela sorrirá e louca, dirá: “Ia, você vai tomar um vinho comigo, eu tenho um monte de novidades pra te contar, você vai adorar”.  Mira então falará: “Você não vai no apartamento hoje, Irene?”. Irene falará que irá durante a noite.

Anoitecerá e Dantas irá até a casa da Heleninha para contar tudo para Elvira e Garcia, porém chegando lá ele não encontrará o casal, já que terão ido em um teatro, junto com Silvana e Eurico. Heleninha falará: “Papai foi no teatro lá na cidade, junto com a Elvirinha e o Eurico”. Dantas perguntará qual teatro que é e Heleninha explicará, ele resolverá ir correndo para o local, Junqueira perguntará se aconteceu algo e Dantas dirá: “Eu preciso conversar com ele , é urgente.”. Heleninha dirá que eles foram jantar primeiro em um restaurante e Dantas correrá para lá. No restaurante Elvirinha conversará com o marido: “A silva e o Eurico deveriam ter vindo jantar conosco”. Garcia dirá:” Eles preferem encontrar com a gente lá, a Silvana ta com problemas, tensa, assustada”.  Neste momento Dantas aparecerá e já falará: “Tio Garcia, Elvira, eu localizei a Solange Lima.” Garcia perguntará onde e Dantas dirá: “Calma, nós agora vamos para a casa da Heleninha, vocês vão me passar tudo que vocês tem a respeito dessa moça eu vou levar na polícia e, ainda hoje, ela pode ser presa.” 

Garcia, ainda assustada com a novidade questionará se Dantas tem certeza que é ela e o marido de Shirley dirá: “Sim, a cúmplice denunciou e o mais fantástico vocês não sabem, ela era a tal amante do Eugênio”.  Elvirinha perguntará se é a que disse que está esperando um filho dele e Dantas dirá que é essa mesma, ele chamará os dois para irem até um edifício onde ele deixou o carro e depois para casa.

Já Irene, a maluca estará dirigindo em direção ao mesmo edifício e ligará para Mira: “Mira eu esqueci de te pedi, desce e compra uma pizza pra mim? É eu estou com desejo de comer uma pizza, coisa de grávida”. Mira, já arrumando suas coisas pra ir embora, dirá que compra a pizza, enganando a cobra, enquanto Irene, falará: “Eu só vou dar uma passada no apartamento que essa semana eu não fui lá, compra uma bem grande, de calabresa, até já”.

Quem também estará em direção a esse edifício será Eurico e Silvana, a mulher receberá um telefonema de Garcia e falará: “Oi, tio, tio Garcia? Não estou ouvindo, ta cortando”. Silvana descerá do carro e pedirá que Eurico estacione enquanto ela fale com tio Garcia.  Eurico estacionará e de longe Irene verá o marido de Silvana, ela falará para si mesma? “Ihh, oh quem ta alí”. Eurico tirará Yuri e seus amigos do carro, já que dará uma carona para os garotos irem até um evento de cosplay. Enquanto Irene, não perderá a oportunidade de ir provocar o marido de Silvana ela falará: “Eurico, ai que surpresa, ai que bom te ver aqui”. Ela abraçará o bobão e Silvana de longe observará tudo, Irene continuará: “Ai obrigada, aquele dia você foi tão fofo comigo, brigada, olha como é que já ta o meu marido”. Silvana irá furiosa de encontro da bandida, ela sem pensar duas vezes meterá uma bofetada na cara da vagabunda e falará: “Você não vai pegar mais o marido dos outros sua vagabunda, entendeu, fingida”. Eurico tirará Silvana de cima de Irene dizendo que ela está grávida, já a vilã começará a fazer drama: “ Ai ai ai, ai, a minha barriga, minha barriga”. Garcia, Dantas e Elvira chegaram e de longe a senhora gritará: “É ela Silvana, é ela”. Silvana perguntará ela quem e Elvira dirá: “A Solange, a ladra a assassina”. Todos começarão a gritar chamando Irene de ladra e assassina. Irene, sme pensar duas vezes começará a correr,  Já Elvira gritará: “Não deixa ela fugir, não deixa, pega, pega, pega, pega”. Uma perseguição começará, enquanto Irene começará a ficar totalmente surtada, ela subirá em um elevador de automóvel e verá Yuri e seus amigos fantasiados correndo e pensará que são monstros, ela gritará: “Sai, não vai me pegar, calma meu bebê, calma meu bebê, monstros, demônios, saem, não vão me pegar, não vão. Eugênio cadê você? Cadê você Eugênio?”. Dantas, Eurico, Silvana, Elvirinha e Garcia subirão em outro elevador e irão atrás da peste.  Irene, completamente louca, começará a ver coisa, ela imaginará um gota de sangue pingando em seu rosto e pouco  depois imaginará um dos amigos de yuri, fantasiado de palhaço segurando um bebê, ela correrá, acreditando se tratar de uma assombração e falará:  “Demônios, vocês não vão me pegar, não vão”. Irene irá até um canto, onde sentará assustada, ela então imaginará que está perdendo o bebê novamente e gritará: “Não, não, de novo não, de novo não, ai ai, não, Eugênio me ajuda, Eugênio cadê você, Eugênio me ajuda, vem ficar comigo Eugênio, Eugênio não, ai...Larga a Joyce, são todos hipócritas, todos hipócritas”. De repente ela perceberá que foi só uma alucinação e se levantará para fugir novamente. Elvirinha e  os outros continuarão atrás dela, já a vilã começará a ouvir vozes chamando por Solange.  Ela continuará a alucinar com os amigos de Yuri vestidos de monstros e para se defender pegará uma barra de cano: “Não vão me pegar, não vão me pegar, não vão me pegar”. Irene, entrará novamente em um elevador de carros, enquanto Dantas e os outros estarão em outro. Os elevadores finalmente se cruzarão e eles pararão um na frente do outro: “ É ela, é ela”. Gritará Dantas, enquanto Elvira falará: “Assassina, assassina, ladra, cadê o meu ouro”.  Irene, com a barra na mão, se aproximará deles, gritará que eles saiam, que se afastem, dizendo que eles não vão a pegar. “Sai, sai, eu não gosto de vocês, sua aproveitadora, ninguém aqui é melhor do que eu não, sai, sai, e você? Casado com essa viciadaaaa, viciada, saiii, cadê o eugênio?”  Irene, então acabará dando um passo para trás onde terá um fosso.  Ela cairá gritando por Eugênio e morrerá”.

Já Eugenio, sem nem imaginar o que está acontecendo, estará conversando com Joyce sobre aceitar que Ivana retire os seios: “Não Eugênio, tem que ter outra solução”. Ele falará: “não. Não tem saída Joyce, não tem outra alternativa, não tem, a transformação dela é definitiva, nós temos que realizar isso entendeu, que a cirurgia vai acontecer com ou sem a nossa aprovação, então é melhor que aconteça com a  gente do lado”. Joyce, se negando até o final dirá: “Ai Eugênio, tirar os seios, Eugênio, isso é tão, é tão definitivo, é tão...” Eugênio interromperá e falará: “Vamos deixar que ela seja feliz, com o projeto de felicidade dela, meu amor, não é isso que a gente sempre quis pros nossos filhos que eles fossem felizes.” Joyce, falará: “É, eu morro de saudade da Ivana”. Eugênio dirá que também e continuará: “Mas eu também sinto falta do Ivan, é, aos pouquinhos eu vou conseguindo eu acho, fundir os dois numa mesma pessoa, lembra quando ela brincava na sala andando de skate e você falava que isso não é brinquedo de menina”. Joyce dirá que lembra e sorrirá, Eugênio a abraçará dizendo que vai ficar tudo bem e Joyce finalmente concordará. Eugenio depois dará a novidade para Ivan que se encherá de felicidade.

Ainda no capítulo terá o um romance entre Abel e Ednalva e Jeiza descobrindo que vai novamente para o exterior e sendo parabenizada por Zeca.








Postar um comentário

0 Comentários