Bomba!

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

SALVE-SE QUEM PUDER- Capítulo 20/04 TERÇA – Resumo da novela hoje completo ABRIL 2021 - HOJE

    Após perceber que seu Ignácio sumiu Kyra segura nas mãos das crianças e fala: “Calma meus amores, vem cah, a gente precisa encontrar o seu Ignácio, ta bom?”. Aflito, Mosquito pergunta o motivo do biso ter fugido e Queen completa: “Será que ele não gosta mais da gente?” Kyra, tentando acalmar as crianças fala: “ Meu amor, o biso ama vocês ele é louco por vocês, mas vocês já perceberam que ele tem tido uns probleminhas de memória, não é?” Mosquito diz que o pai já explicou sobre a doença do seu Ignacio e Queen questiona: “E se o biso não voltar, eu não quero perder o biso, eu já perdi a mamãe e a prima Alexia”.  Kyra, consolando Queen, diz: “Ah meu amor, você não vai perder o biso a gente vai encontrar ele, eu só preciso ligar para o pai de você e ai a gente sai para procurar juntinhos ta?”

Enquanto isso, seu Ignácio, na rua, completamente perdido esbarra em uma moça e depois atravessa a rua no meio dos carros correndo o risco de ser atropelado, uma mulher o ajuda e diz: “Senhor, senhor, assim o senhor vai ser atropelado, o senhor ta indo pra onde?”. Ignácio, sem noção de nada, diz que está indo trabalhar e a mulher questiona onde é o trabalho do senhor, ele então diz: “Eu, eu trabalho no meu escritório, eu sou advogado, mas engraçado, parece que eu não vendo aqui há tanto tempo”. A mulher tenta ajudar mais uma vez, porém Ignácio, diz que lembrou e sai andando até perceber que está perdido: “Ai meu Deus, onde será que eu estou?”  Nisso, dois bandidos olham fixamente para o senhor, dando a entender que Ignácio está em perigo.

E o clima vai pegar fogo, Enquanto Ignácio poderá parar nas mãos de bandidos perigosos, Kyra terá uma ideia sensacional para conseguir encontrar o senhor e fazer as crianças acreditarem que tudo não passa de um jogo. A babá também acabará descobrindo um segredo de um dos personagens e tomará uma atitude emocionante. Mas o que emocionará mesmo será a aproximação de Kyra e Alan, que para complicar as coisas acabará em um sequestro. E ainda, Alexia tentará reconquistar Zezinho com um plano genial, mas acabará mesmo é se metendo em uma briga feia com Bel, briga essa que acabará de forma bizarra. 

Já Kyra, esta liga para Luna contando o que está acontecendo e a mexicana diz: “Você ta doida? Kyra, você ta maluca, se a Alexia descobre isso é capaz de ela ter um troço”. A babá atrapalhada fala que ligou pois Alexia deve saber onde ele costuma ir complementa: “Eu já liguei pro Alan, ele não atende, ele deve estar numa audiência, não sei, Luna eu não sei o que faz me ajuda”. Do outro lado da linha, Luna fala: “Calma, calma, que você vai achar o Avó dela, ta? Agora eu vou ter que desligar que ela olhou para cah umas duas vezes, deve estar desconfiada, beijos”. Alexia questiona com quem Luna estava falando e a fisioterapeuta diz que se trata de Vicky. 

De volta a casa de Alan, Kyra sai na rua com as crianças e começa a procurar pelo senhor: “Cadê, crianças, cadê? Crianças, vocês não lembram algum lugar aqui perto onde o biso costuma ir?” Queen diz que o biso nunca sai de casa e mosquito supõe: “E se ele for sequestrado?” Kyra, assustada, mas tentando acalmar as crianças fala: “ Não, calma, não, sabe o que eu acho? Eu acho que o biso não fugiu é isso, na verdade ele está brincando de pique esconde com a gente”. Queen, já animada, grita: “ É claro! Eu já brinquei disso com ele!”. Mosquito diz que cada um tem que ir para um lado procurar e Kyra fala: “Quem sabe a gente não brinca junto, como uma equipe? Uma equipe de detetives”. As crianças se animam e neste momento o celular da Kyra toca, é Alan que fala: “Cleide eu recebi seu recado, já acharam o vovô?” Kyra diz que ainda não, que estão procurando e Alan fala: “Ta, eu tô indo pra ai, quando eu chegar mais próximo eu te ligo, mas estou indo pra aí!”. Kyra, falando mais baixo diz: “ Alan eu disse pras crianças que a gente ta brincando de pique-esconde com ele, ta?”. Alan diz que é uma ótima ideia, pois assim as crianças não se assustam e agradece Kyra por ter pensando em tudo, ele reforça que está indo para lá antes de desligar o telefone.

Kyra então olha para as crianças, fingindo estar toda animada, e diz: “Olha que bom, crianças, até o pai de vocês vem brincar com a gente, então vamos lá, vamos continuar procurando o biso”. Mosquito diz que tudo está ficando muito divertido, e todos saem em busca de seu Ignácio. Kyra vai em diversas praças atrás de Ignácio, mas nada de encontrar o senhor. Alan então chegam no local e as crianças correm até ele. Queen logo diz: “ Papai, quando a gente encontrar o biso, ai eu que quero me esconder”. Alan fala que depois eles veem isso e pergunta para Kyra sobre novidades. A babá então fala: “O seu avô é muito bom no pique- esconde”. Alan cogita em ligar para a polícia e Mosquito fala: “A polícia vai entrar na brincadeira, papai?”.  

Enquanto isso, Ignácio, perdido, conversa com um senhor, enquanto é observado pelos bandidos: “Eu estou falando meu senhor, o meu escritório de advocacia era aqui, era um casarão verde, será que eu errei de rua”. O homem então diz: “Não, não, não era aqui mesmo, mas eles construíram esse prédio aqui no lugar que ele ficava, já tem uns 10 anos”. Ignácio se assusta e fala: “10 anos? 10 anos que eu... meu Deus do céu!”. Neste momento, os bandidos, já sacando que Ignácio é avó de gente rica, chegam fingindo o conhecer e um deles diz: “Ilustre advogado, você não se lembra de mim não? Você ajudou meu pai naquela causa e ganhou.” Ignácio, não querendo demostrar sua falta de memória fala: “Ah, sei, ganhei, claro. Desculpe a minha modéstia neh, eu sempre fui muito bom no que eu fiz, inclusive, tô passando tudo pra meu neto Alan”. O bandido, aproveitando que ele disse o nome do neto fala: “Ah ta, a gente conhece o Alan, nosso parceiro, grande Alan, Inclusive, foi ele que pediu pra gente buscar o senhor aqui”. O outro homem, que é de bem e porteiro de um prédio, pergunta se Ignácio tem certeza que conhece os dois e o senhor fala: “O senhor não viu que eles falaram do meu neto o Alan”. Um dos bandidos então diz: “Fica tranquilo chefia, a gente só quer levar o nobre advogado para a casa dele, nosso carro está logo alí, vamos indo?”. O porteiro do prédio, já percebendo a enrascada avisa Ignácio que é melhor ele ficar lá, mas o bandido fala: “Qual é camarada, a gente só quer levar o nobre advogado pra casa dele”. Inocente, Ignácio diz que Alan provavelmente deve ter mandado o buscar, porque já ta passando da hora do almoço”. O porteiro diz que Ignácio não vai e fala: “Se vocês conhecem mesmo esse senhor, qual o nome dele? Até agora vocês não falaram”.  Um dos bandidos então diz: “O nome dele? A gente conhece o boa praça aqui como avô do Alan, chega de papo, vamo indo que seu neto já ta ficando preocupado”

Ignácio começa a andar, mas neste momento Alan chega já dando um soco na cara de um dos pilantras e falando: “Eu estou preocupado em salvar meu avô de dois pilantras”. Ignácio pede para que Alan pare de violência e de longe, Kyra tampa os olhos das crianças e fala: “Crianças, agora não vale ver ta, O pai de vocês achou o biso e é a vez dele de se esconder”. Os bandidos fogem, enquanto Alan abraça seu pai dizendo: “Ai que susto”.

Despois dessa confusão Kyra tentará acalmar seu Ignácio e acabará descobrindo um segredo do senhor. Kyra descobrirá que Ignácio não está tomando seus medicamentos quando o senhor deixar cair a gaveta cheia com deus comprimidos. “Pera ai, seu Ignácio, que remédios são esses? Quanta coisa, seu Ignácio, esses não são os seus remédios para a memória, porque eles estão fora da caixa, na gaveta, soltos assim?”. Ignácio então diz: “Esse vai ser nosso segredinho, todos os dias eles vêm aqui me dar o remédio, e eu todos os dias eu pego os remédios e escondo, eu não tomo, isso é uma coisa que eu só deixava a Alexia fazer”. Krya, preocupada, fala: “Mas seu Ignácio, são seus remédios, e a sua saúde, o senhor tem que tomar”. Ignacio então explica: “A Alexia fazia isso, ela vinha todos os dias, ela só saia de casa pra isso, e ainda me contava aqui, muitas novidades, muitas coisas, eu ria muito com ela”. Kyra então diz: “Mas seu Ignácio, você já parou para pensar que se o senhor parar de tomar os remédios, continuar sem tomar daqui a pouco o senhor não vai lembrar da sua estrela e eu aposto que a última coisa que ela ia querer é que o senhor esquecesse dela”. Preocupado, Ignácio diz que não quer isso e Kyra fala: “Olha seu Ignácio, hoje eu vim aqui e contei algo novo da Alexia para o senhor, algo novo que o senhor não sabia, contei da promessa maluca que ela fez, e se eu viesse aqui todo dia, contasse alguma história nova e desse o remédio pro senhor tomar, hein?”. Surpreso, Ignacio diz: “Você conhece tanto assim a história dela que pode ficar me contando?”. Rindo Kyra fala que o senhor se surpreenderá com tantas história que ela sabe de Alexia e complemente: “E eu acho que essa fonte não vai se esgotar tão cedo não, ai eu venho, mesmo que eu não tenha que cuidar das crianças, a gente conversa, a gente fala da Alexia ri um pouco com as histórias dela e o senhor toma o remédio, vai ser o nosso ritual diário”. Muito feliz, Ignácio responde: “Combinado, você, a sua presença aqui me fez a Alexia tão presente, parecia que ela estava aqui, ao meu lado, meu Deus do céu, bom eu concordo, vamos começar a tomar o remédio já”. Kyra da o remédio para Ignácio e depois conversa com Alan sobre o ocorrido.

O Advogado então diz:  “Ah, então é por isso que o vovô piorou, ele estava fingindo que estava tomando os remédios”. Tarantino fala que também não percebeu e Kyra, tentando acalmar todos diz: “Mas não conte para ele que eu que falei, ele pediu segredo, isso se ele lembrar que me pediu isso”. Graziela, também impressionada, fala: “O médico do papai tinha dito que, se ele parasse com a medicação, ele ia ter confusão mental que ele ia ficar mais esquecido, mas não significa que é uma piora da doença, sim uma reação a falta do remédio”. Alan então fala que mesmo assim irá levar o avô no médico no dia seguinte e passará a conferir se Ignácio tomou o remédio todos os dias, mesmo que para isso ele tenha que abrir a boca do senhor, mas Kyra interrompe dizendo: “Mas é que, justamente, o meu trato com o seu Ignácio é que eu viria aqui todos os dias para dar o remédio para ele, pelo menos só assim ele concordou em se medicar”. Graziela, tentando livrar Kyra de ter que se locomover todo dia para isso, fala: “Olha Cleide eu te conheço a pouco tempo, você é uma amor, mas não precisa, eu posso fazer isso, pois eu sou a filha dele”. Alan concorda com Graziela e fala: “Pois é Cleide, olha, a sua atitude é muito bonita, mas vai ser muito puxado para você ter que vir aqui todos os dias”. Kyra, querendo realmente ajudar, diz: “Olha, magina, eu quero fazer isso, eu posso vir aqui todos os dias, e não precisa me pagar mais nada por isso, magina, eu só quero ajudar o seu avô”. Surpresa, Graziela pergunta: “Você está pensando em fazer esse serviço extra de graça?” E Kyra, muito bondosa, diz: “Não, mas não vai ser serviço nenhum, eu faço com muito prazer, eu quero fazer isso pela Alexia, enfim a sua filha era encantada pelo avô ele era muito importante para ela, ele amava muito ele, então, se vocês não se importarem, eu queria fazer isso, cumprir o meu trato com o seu Ignácio e com a Alexia também”. 

Pouco depois Alan leva Kyra até o portão e fala: “Kyra eu não posso aceitar, eu preciso te pagar alguma coisa”. Mas a moça diz: “Não, Eu faço de coração mesmo, e pela Alexia e só de saber que eu tô fazendo isso por ela já é um pagamento suficiente”. Encantado pela babá, Alan a elogia: “Olha, a sua presença aqui neste casa, ta sendo tão positiva, as crianças se comportaram tão bem com você hoje que eu vou aceitar a sua proposta sim, mas com uma condição, que você para de me chamar de “seu Alan”, de “Senhor”. Pareço tão velho assim?”. Kyra aceita e chama ele só de Alan, e o advogado, mais uma vez agradece: “Olha Cleide, obrigado mesmo, as crianças podiam ter se assustado hoje e você cuidou delas com tamanha delicadeza, mas não foi só isso não, você ajudou a procurar o meu avô, você descobriu o que tinha de errado com ele, você convenceu o vovô a voltar a tomar o remédio e você fez isso de um jeitinho que só Alexia tinha, Tô muito feliz que você entrou nas nossas vidas”. 

E já deu para perceber que Alan está gostando da Kyra e ela também está um pouco encantada por ele, mesmo amando Rafael, e essa história de amor ainda vai dar o que falar, já que para acabar de deixar Alan e Kyra mais próximos, os dois acabaram sendo sequestrados em uma viagem e se perderão no meio da floresta, quando escaparem dos bandidos. Kyra e Alan caíram dentro de um buraco onde passaram a noite juntos, rolando um romance entre os dois? Mas e ai? Na sua opinião a Kyra deve ficar com o Rafael ou com o Alan? 

E não será só Ignácio que aprontará uma confusão no próximo capítulo. Para chamar atenção de Zezinho, Alexia inventa de pintar a casa e o caipira aparece completamente sem camisa, ela questiona se ele irá pintar assim e o homem, se desculpando, fala: “Não, é que as minhas roupas então tudo no varal, a gente vai sujar tudo também, fora que ta um calorzão da peste, neh?”. Alexia então diz: “ Que calor, bem que me falaram que ia chegar uma massa de ar quente em São Paulo, ai minha nossa senhora do tempo bom”. Ela decide trocar de roupa e colocar uma mais confortável para também chamar a atenção do caipira. Os dois começar a pintar e Zezinho, puxando assunto diz: “ Ocê escolheu bem a cor viu, a sala vai ficar mais ampla, maior, mais bonita”. Alexia então fala: “Ah é, era exatamente isso que eu queria, assim, quando eu escolhi essa cor... Oh Zezinho, uma coisa chata que eu pensei aqui agora, você não vai poder dormir na sala hoje, neh? No Sofá.”. Zezinho diz que realmente estará uma catinga brava de tinta e Alexia, oferecida, fala: “é, Mas tudo bem também neh, qualquer coisa a gente pode pedir pra Kyra dormir, com a dona Ermelinda e com a Luna e você pode dormir comigo no meu quarto”. Zezinho, bobão, já fica feliz e pergunta se os dois dormiram na mesma cama, Alexia, sem querer ser direta, fala: “É , mas nem fica felizinho, sem um pingo de malícia, ta? Só porque a Kyra tem um sono leve e eu tenho um sono mais pesado”. Zezinho então diz: “Ah, mas vai que eu acabo atrapalhando, sabe? A gente pode fazer diferente, eu durmo com a mãe e ocês podem dormir juntas no outro quarto”.

Alexia, com medo do seu plano dar errado, já fala: “Ah, não vai dar, não vai dar, porque eu não consigo, assim, dormir numa cama com 3, muita gente neh, eu só consigo dividir minha cama com uma pessoa”. Felizão Zezinho diz: “Ah então o único jeito é dormir comigo mesmo, hehe. E as outras no outro quarto”. Alexia fala que ele tem que ver como ela é boa, pois está dando uma parte da cama para ele, enquanto Zezinho diz que  o único problema é que ele se mexe muito e tem muita energia na cama. Alexia, já pensativa, fala: “Energia na cama? Não ligo pra isso, não ligo”. Zezinho então continua a provocar: “Mas olha assim, e se ocê brigar comigo, vai se a noite eu encosto sem querer assim em ocê e ocê sai gritando pela casa dizendo que eu tô de gracinha contigo?” Alexia fala que se ele encostar sem querer ela não vai brigar com ele, já imaginando a cena.

E essa pintura vai dar muita confusão, já que Bel chegará para ajudar na pintura e estragar com os planos de Alexia. As duas ainda brigarão feio e jogarão tinta uma na cara da outra, fazendo a maior algazarra. 


Postar um comentário

0 Comentários